Festival Piscadela abre inscrições de trabalhos até o dia 22 de fevereiro

Com o objetivo de fortalecer a presença das mulheres na cultura Hip-Hop, o Festival Piscadela está com convocatória aberta para inscrições de trabalhos até o dia 22 de fevereiro. Serão selecionados até seis trabalhos de mulheres (B.Girls e Dancers) da cultura Hip-Hop residentes no Rio Grande do Norte.

Idealizado pela B.Girl Dallianny e com produção de René Loui e Arthur Moura (Coletivo CIDA) o FESTIVAL PISCADELA nasceu em 2017 como o primeiro encontro da cultura HIP-HOP no Rio Grande do Norte voltado para as práticas femininas. A segunda edição do Festival será realizada através da plataforma Instagram, de forma virtual, gratuita e acessível. Os trabalhos selecionados receberão tradução para LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais.

“O festival piscadela surgiu em sua primeira edição, na ideia de um encontro, para reunir o máximo de mulheres da cultura Hip-Hop. Nesse encontro todas teriam voz e seriam protagonistas. A repercussão foi tão incrível que atingimos público de Fortaleza, Recife, Maceió, João Pessoa e uma participação especial da Argentina. Todas aqui em Natal, na comunidade da África, Redinha, o encontro aconteceu no espaço cultural “Nossos Valores” em 2017. Sem patrocínio, apenas com apoio de amigos e com a vontade de cada mulher se reunir para fortalecer o que acreditamos. A união faz a força!!! Vendo o quão importante foi o impacto na vida dessas mulheres, muito além da dança, o festival foi o início de muitas outras meninas na modalidade, foi também a certeza de que estamos no caminho certo. Esse ano chegamos a um nível maior, com patrocínio através da Aldir Blanc e uma programação que vai fazer nossa voz ecoar muito além”, declara a idealizadora B.Girl Dallianny.

“Apesar de ser virtual, vamos conseguir manter a programação de origem. Com oficinas de diversas modalidades, bate-papo, intervenções de grafite, rap e  mostra cultural onde as mulheres apresentam seus trabalhos de dança. O festival piscadela, é o primeiro evento voltado às práticas femininas da cultura Hip-Hop do Rio Grande do Norte, é o evento mais esperado do ano, principalmente para as mulheres e esse ano continua cheio de forças e representatividade em sua programação”, completa Dallianny. 


A programação do festival será realizada nos dias dias 05, 06 e 07 de março, e contará com intervenções urbanas, bate-papos, oficinas, além de apresentações de trabalhos de mulheres atuantes no cenário da cultura HIP-HOP do Rio Grande do Norte.

Inscrições

As inscrições podem ser realizadas através do preenchimento de formulário eletrônico presente em: http://bit.ly/festivalpiscadela Cada proponente poderá inscrever até dois trabalhos.

Serão selecionados até seis trabalhos de mulheres (B.Girls e Dancers) da cultura Hip-Hop residentes no Rio Grande do Norte para fazerem parte da programação do Festival. Cada uma das artistas selecionadas receberá o cachê de R$600 (seiscentos reais) para exibir seu trabalho e participar de um bate-papo após a exibição. O resultado será divulgado no dia 25 de fevereiro no Instagram do Festival (@festivalpiscadela).

O FESTIVAL PISCADELA está sendo realizado com recursos da Lei Aldir Blanc – Rio Grande do Norte, por meio da Fundação José Augusto , Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal do Brasil.

 

[Ficha técnica]

Coordenação: B.Girl Dallianny
Produção: Arthur Moura e René Loui – Coletivo Cida

Fotografia de divulgação: Brunno Martins
Identidade Visual: Pardal

Assessoria de Imprensa: Cecília Oliveira – Comunica  Ceci
Acessibilidade: Brigida Paiva 

Patrocínio: #LeiAldirBlanc – Rio Grande do Norte, por meio da Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo do Brasil.

Previous ArticleNext Article
Cecília Oliveira
Cecília Oliveira é Comunicadora Criativa e Produtora Cultural, atua comunicando projetos artísticos na cidade do Natal há dez anos. É gorda power, a mil por hora, apaixonada por glitter, cachorros e fotografia.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *