A atmosfera bucólica de Baía formosa nos convida para um passeio inesquecível nessa belíssima região do Litoral Sul potiguar, a 94 km de Natal. Rusticidade, passeios ecológicos, praias, falésias, lagoas, rios, fazem da cidade um destino imperdível para aqueles que buscam lugares ainda pouco explorados pelo turismo, que ainda preservam um “jeitão” de paraíso não descoberto.

A cidade fica no alto de uma falésia, com uma vista estonteante de toda a baía, onde aparecem golfinhos diariamente.

Restaurantes são poucos, a maioria são barracas de praias, dos próprios pescadores locais. Como é uma colônia de pescadores, tem muito peixe para vender e a culinária se resume a peixe, camarão, e outras delícias regionais.

As suas praias são de águas mornas e esverdeadas, destacando-se as praias da Cacimba, do Pontal, Bacupari e Sagi.

A Praia da Cacimba fica na parte central, onde estão localizadas a maioria das casas de veraneio. A praia tem esse nome devido a uma cacimba existente nessa área, usada pelos banhistas após saírem do mar e para abastecer as casas que ficam à beira mar.

Praia da Cacimba Baía Formosa

Foto: baiaformosa.com.br – Praia da Cacimba.

Já a Praia do Pontal é a preferida pelos surfistas, devido às características de vento e as ondas na área. A cidade tem outros picos de surf, como o Picão e o Point Secret.

Praia do Pontal Baía Formosa

Foto: Natinho Rodrigues – Praia do Pontal.

Mais ao sul tem a Praia de Bacupari, cercada de dunas cobertas pela vegetação, um vasto coqueiral e uma grande quantidade de recifes que formam piscinas naturais ao longo da orla, além de uma área de mar aberto, com boas ondas, também frequentada por surfistas.

Praia de Bacupari

Foto: Pousada La Bonita – Praia de Bacupari.

E por último, tem a praia do Sagi, a última do litoral sul, já na divisa com a Paraíba. Um lugar paradisíaco para você passar um dia contemplando a natureza quase intocável do lugar, onde o silêncio somente é quebrado pelo barulho do vento constante.

No local existem pousadas charmosas, localizadas de frente para o mar, resultando numa imagem de impressionante e dramática beleza.

Praia do Sagi

Foto: Pousada Sagi Iti – Praia do Sagi.

Outra atração de Sagi é o Rio Guaju, que separa o RN da Paraíba. Além de um banho maravilhoso, você pode fazer um passeio de canoa pelo rio e conhecer os manguezais ou fazer sandboard nas dunas da região, uma experiência incrível.

Rio Guaju Sagi

Foto: Natal Online – sandboard nas dunas do Rio Guaju.

Além de visitar as belíssimas praias da região, você também pode fazer trilhas ecológicas e ter um maior contato com a natureza. Na cidade, há guias que fazem passeios de buggy na Mata da Estrela (maior reserva de Mata Atlântica do Rio Grande do Norte, com uma área de mais de 2000 hectares).

O passeio começa à beira-mar e segue para a floresta, com suas trilhas, fauna e flora exuberantes. O ponto alto do percurso é o banho na Lagoa de Araraquara ou Lagoa da Coca-Cola, como é carinhosamente conhecida, devido à sua cor escura, ocasionada pela composição química do solo, rico em iodo, ferro, junco e carvão mineral, além da pigmentação das raízes das árvores ao seu redor. Apesar da cor aparentemente estranha, a água é limpa e propícia para o banho. Os moradores locais acreditam que suas águas têm poderes medicinais e rejuvenescedores.

Lagoa da Coca Cola

Foto: Juliana Guedes de Melo – Lagoa de Araraquara.

O melhor a se fazer em Baía Formosa é justamente curtir esse astral de paz e tranquilidade, um lugar super agradável e fascinante.

Todas essas dicas foram fornecidas pelo nosso parceiro, o RNatural.

Como chegar:

Saindo de Natal pela BR-101, siga até Canguaretama, depois pegue a RN-062 até Baía Formosa.

Caso você esteja em Pipa, em veículo 4×4, siga pelo Chapadão até Sibaúma; pegue a balsa (em média R$ 10,00 por travessia) e vá pelo asfalto até Barra de Cunhaú; pegue outra balsa até o outro lado do rio Cunhaú (esse trecho só é possível com a maré baixa), vá pela praia por mais 10 km até Baía Formosa.