11 novas bandas e artistas natalenses que você precisa conhecer antes de morrer

Natalense adora reclamar que não tem o que fazer nessa cidade, nem para aonde ir e muito menos o que ouvir. Claro que não estou me pondo de fora desse cenário de queixas e muito menos fantasiando que temos um grande leque de opções de lazer nesta cidade.

Mas, afinal, é fato: reclamar é muito conveniente e bem mais cômodo do que tentar sair da sua zona de conforto e procurar um barzinho novo para ir ou um som local para escutar. Ainda contamos com o agravante da maldição de Natal não consagrar e nem desconsagrar ninguém (agradeço a Câmara Cascudo por essa síntese tão atual da nossa realidade).

E sempre com a intenção de obrigá-los a conhecer um pouco mais da cidade e nesse caso dos seus músicos locais, que estão produzindo um som de qualidade, segue uma listinha de novas músicas para pôr no “repeat” (e o melhor é que quase todos eles fazem shows que você pode conferir num barzinho/teatro próximo):

01. Dusouto

Começamos com essa banda que, se você não conhece, já deve ter ido a algum local que eles estavam fazendo um show, ou já deve ter ouvido falar, ou então você realmente não mora em Natal.

Dusouto tem um som original e tipicamente potiguar. Não preciso nem falar do forte sotaque nordestino presente em todas suas músicas. Não sei você, mas todas as músicas me dão uma vontade de pegar uma cerveja e sair dançando/cantando no meio do bar.

02. MC Priguissa

Se você está conhecendo Dusouto agora, tem que dar um play também em MC Priguissa. Tão animado quanto, o som é perfeito para qualquer festa. Aliás, ele adorar usar aquelas expressões que não saem da boca do natalense nas suas músicas. É fácil você encontrar um “essa boe”, “esse homi”, “só a bixiga”, além de sempre deixar claro que o cenário do seu repertorio é Natal, ou especificamente alguma praia.

03. Far From Alaska

Mudando o estilo musical para uma pegada mais rock’n’roll, recomendo o “Far From Alaska” que tem um repertório com músicas autorais em inglês. A banda já tem CD lançado e está fazendo sucesso pelo Brasil afora. Já deram entrevista na MTV e receberamcriticas positivas da Revista Rolling Stones. Se achar pouco, eles ainda têm esse clipe de uma fotografia incrível no meio das nossas Dunas do Rosado.

04. Plutão já foi planeta

É fato que já amo essa banda só pelo seu nome, mas tirando esse papo de publicitária, eles têm um som indie rock gostoso de ouvir. A banda começou há pouco tempo e já conferi um pocket show que mostrou o quanto eles merecem minha atenção especial. Aposto que ainda vou ouvir falar muito de plutão por aí. E sim, vale ressaltar que eles dão um toque lúdico no som com a escaleta e ukelele, além de trabalharem com músicas autorais na produção do seu primeiro CD.

05. Talma&Gadelha

Com três anos de banda, dois CDs lançados, o primeiro “Matando o Amor” e o segundo “Maiô”, a banda conta com os cantores e compositores, Simona Talma e Luiz Gadelha. E, acredite, eles fazem aquele tipo de rock pop que vai ficar na sua cabeça e quando você reparar estará cantarolando por aí no trabalho, na faculdade.
https://www.youtube.com/watch?v=grPL-L2Hv8A

06. Simona Talma

Muitos conhecem a banda Talma&Gadelha, mas não conhecem a longa trajetória dos dois compositores Simona e Luiz.

Simona já participou do “The Voice”, mas a sua principal qualidade para mim é a interpretação musical que arrepia qualquer um, daquela mesmo que transmite emoção e você enxerga o ódio e o amor nos olhos da cantora. Reconheço no som autoral de Simona um toque meio blues misturado com jazz, que amo.

7 – Luiz Gadelha

Luiz Gadelha também tem vários anos de estrada na cena musical e é um intérprete daqueles que transmite todas as sensações de um momento e um relacionamento para a música de um jeito impossível de você não se identificar.

08. Androide sem Par

A banda autoral tem um CD lançado intitulado “Grave”. E grave não só no sentido de gravação musical, mas também fazendo relação com o estado que você ficará depois de ouvi-lo pela primeira vez. Será gravíssima a identificação que você vai experimentar com as (des)venturas amorosas presentes em cada música.

Aviso aos navegantes: o cantor e compositor Juão Nin se mudou de Natal e os shows do Androide estão suspensos até segunda ordem, porém existe uma esperança grande do projeto continuar (eu, pelo menos, tenho certeza). Mas deixo vocês com essas 13 músicas singulares do projeto.

09. Camarones Orquestra Guitarristica

Essa é uma dica especial para quem curte som instrumental. Esse quarteto, que já chega ao seu quinto ano de história, tem um repertório repleto de influências de vários estilos de rock. Eles conseguem tornar aquele som instrumental algo agitado e nem um pouco monótono ou cansativo.

10. Ar, Tu & o Vendaval

É o projeto solo de Artur Porpino, ex-baterista da banda número 09, Camarones. O som é um rock meio psicodélico, às vezes meio reggae, que consegue englobar temas do nordeste ao mundo virtual atual. Realmente vale a pena dar uma conferida nesse som, que nem eu consigo definir, pelo uso de tantos instrumentos fora do comum e pela mesclagem de ritmos.

11 – Mahmed

Som experimental muito bom. A banda começou no ano passado e já mostra um trabalho sólido no EP “Domínio das Águas e dos Céus”, que recomendo para todos os amigos. Eles já saíram em diversas publicações especializadas em música Brasil a fora, e se destacam também pelos vídeos que fazem. Um grupo que, se eu fosse você, acompanharia de perto.

Previous ArticleNext Article
Alana Cascudo
Publicitária formada pela UFRN e pós-graduada em MBA Gestão da Comunicação em Mídias Sociais pela ESPM. Cinéfila, notívaga, apaixonada por viagens, gastronomia e assuntos relacionados. Sofrendo constantemente de insatisfação crônica, intolerante à lactose e totalmente desequilibrada.

Comentários

13 Comments

  1. Frank Aleixo eu até baixei os cds e ainda continuei achando uma bosta, num é pq é aqui de natal que eu tenho que adorar e idolatrar, né não?
    Tipos: amo Far From Alaska, mas não gosto de talma e gadelha e nem conheço o resto e nem gosto de priguissa e nem dusolto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *