Conheça “The Undoing”, minissérie do mesmo criador do sucesso “Big Little Lies”

Dirigida pela fenomenal Susanne Bier – responsável pelo sucesso “The Bird Box” – a nova minissérie da HBO, The Undoing, estreou no dia 25 de outubro fazendo um barulho merecido. Com produção e adaptação do renomado David E. Kelley – que assinou o premiado Big Little Lies – “The Undoing” tem um roteiro adaptado do livro “You Should Have Known” de Jean Hanff Korelitz, obra que ainda não chegou ao Brasil, mas que já figura entre as recomendações internacionais dos críticos literários.

A história acompanha uma renomada e bem-sucedida terapeuta (interpretada pela Nicole Kidman) que vê sua vida perfeita desmoronar após uma série de revelações sobre o seu invejável marido (Hugh Grant), um famoso oncologista, virem à tona. Tudo isso ambientada numa glamourosa Nova Iorque, onde um colégio de elite, famílias e vidas perfeitas são apenas fachadas que acobertam inimagináveis narrativas.

A nova produção do David E. Kelly pode até não parecer inédita a primeira vista e até ser acusada de repetir a fórmula de sucesso da aclamada série “Big Little Lies”, inclusive, comparações que a crítica americana especializada fez durante seu lançamento, mas a inspiração do roteirista e produtor no livro “You Should Have Known” de Jean entregou algo ainda não visto; uma produção que consegue caminhar entre o drama e o thriller com facilidade no mesmo episódio, tudo com muita sutileza e um time afiado.

Por “The Undoing” se tratar de uma adaptação de obra já conhecida o David E. Kelly se preocupou em não deixar de entregar bons elementos surpresa, por isso resolveu incluir e alterar alguns aspectos da narrativa original, tornando assim a minissérie uma obra única e consistente, algo evidente nos quatro – dos seis – episódios que já foram ao ar pela HBO.

A minissérie conta com um elenco estrelado e tem nomes como Donald Sutherland, Hugh Grant, Lily Rabe, Édgar Ramirez e a atriz italiana – estreante na televisão americana – Matilda De Angelis, uma fenomenal adição para a produção, sem contar, é claro, com a premiada atriz Nicole Kidman, que além de protagonizar a trama dando vida a Grace Fraser, também assina a produção executiva da série, papel desempenhado com maestria.

E não se pode falar em produção executiva sem falar em Susanne Bier, nome que encabeça a direção da produção e foi uma exigência pessoal da Nicole Kidman, que a convidou pessoalmente para o trabalho e afirmou na premiere de lançamento que “nenhuma outra pessoa seria capaz de tornar esse trabalho real”, outro grande acerto da Nicole, já que a Susanne Bier – com sua vasta experiência nas telonas – entrega nessa minissérie um trabalho com acabamento cinematográfico e muita assertividade em suas escolhas criativas, que vão dos seus deliciosos planos de câmera “hitchcockianos” a sua montagem espetacularmente bem-sucedida.

The Undoing certamente vale a audiência, uma obra que agrega beleza de produção, bom texto, ótimas atuações e uma direção invejável.

Previous ArticleNext Article
Henrique Avelino
Jornalista, escreve sobre moda e comportamento; é aficionado por arte e cinema e acredita no poder transformador dos livros, do plástico bolha e de uma boa xícara de café.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *