Conheça o projeto voluntário que está produzindo máscaras de tecido para doação à população carente de Natal

A pandemia do COVID – 19 exigiu da população, além do isolamento social, algumas atitudes preventivas como o uso das máscaras de tecido, que tem como objetivo a contenção da propagação do vírus. Esta medida vem se aliar a outras igualmente importantes como a higienização das mãos com água e sabão e o uso de álcool 70%. Diante da realidade de alguns bairros menos favorecidos de Natal, onde quase ninguém usa a máscara devido a  fatores como sua falta nas unidades básicas de saúde e a não conscientização da população, ficou evidente que muitas famílias não têm condições de arcar com mais este custo uma vez que sua prioridade imediata é  obter o sustento diário, dada a situação de precariedade que vivem.

Diante desse cenário de desigualdade social, surgiu a ideia do projeto @costureirosvoluntariosnatal que tem como objetivo maior a produção de máscaras de tecido para doação à população carente da capital que não tem acesso a tal item de proteção. O projeto funciona, em sua totalidade, através de doações; tanto no que diz respeito a matéria prima (tecido, linha, elástico, entre outros), como a coleta de recursos financeiros para a compra desses insumos.

Todo trabalho é feito de maneira voluntária, não se limitando apenas a costura, mas abrangendo também outras etapas como o corte da matéria prima, a separação dos materiais para formação dos “kits”, a logística de entrega do kit aos costureiros e a coleta das máscaras prontas, além de sua higienização e embalagem. Cada costureiro voluntário recebe um ou mais “kits”, contendo 100 retalhos de tecido 100% algodão, 100 pedaços de elástico, 1 rolo de linha, uma garrafinha de álcool em gel para higienização das mãos e dos utensílios de trabalho. Este kit unitário produz um total de 50 máscaras que estão em conformidade com as especificações técnicas da OMS e ANVISA.

Atualmente, o projeto conta com mais de 30 voluntários e já doou mais de 1.404 máscaras em ações promovidas por diversos tipos de entidades filantrópicas, como grupos voluntários que atendem pessoas em situação de rua, famílias carentes, unidades básicas de saúde, associações comunitárias, casa de apoio de idosos. Dentre os beneficiados estão o Lar da Vovozinha, AMQT, Projeto Eu Me Importo, Projeto S.O.P.A., Filhos de Mãe Luiza, Voluntários da Rua, Movimento Pop Rua RN, Ecovida, Projeto Dorcas, Mães de Favela e profissionais da rede pública de saúde de vários hospitais de Natal.

No momento, estão em processo de fabricação mais de 2 mil máscaras para serem distribuídas. O grupo busca por mais voluntários que estejam disponíveis para costurar, de forma a garantir a continuidade deste projeto, que colabora para que mais famílias se protejam nessa luta contra o COVID – 19.

Saiba mais sobre o projeto e como ajudar no perfil do @costureirosvoluntariosnatal.

Previous ArticleNext Article
Alana Cascudo
Publicitária formada pela UFRN e pós-graduada em MBA Gestão da Comunicação em Mídias Sociais pela ESPM. Cinéfila, notívaga, apaixonada por viagens, gastronomia e assuntos relacionados. Sofrendo constantemente de insatisfação crônica, intolerante à lactose e totalmente desequilibrada.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *