Bailarino potiguar exibe projeto que une música e dança contemporânea

O bailarino potiguar Álvaro Dantas, exibe projeto que une música e dança contemporânea no neste sábado(30). O projeto “Dançar álbuns inteiros” faz parte da segunda edição do Projeto Poti-Cultural Sesc e vai ao ar às 13h no canal SESC-RN no Youtube.

“Dançar álbuns inteiros” é um projeto antigo do bailarino Álvaro Dantas com objetivo de integrar linguagens como o audiovisual, a música e a dança, além do diálogo com a arquitetura pensando no espaço físico como possibilidades poéticas e de ressignificação.  Com o isolamento social provocado pela pandemia de Covid-19, o bailarino resolveu expandir seus horizontes e dialogar com outras linguagens, e assim o projeto ganhou vida. A primeira edição foi executada no mês de abril e promoveu a audição do músico Luiz Gadelha junto com a intervenção e performance em dança contemporânea do artista em formato de live. Também foram realizadas performances com os álbuns de Aiyra e Alexandre.

Álvaro comenta que encara esse projeto como um marco em sua trajetória como artista: “ Sempre estive envolvido com muitos projetos como colaborador, o Giradança por exemplo, mas dessa vez vejo que é um trabalho “solo”, apesar de feito por muitas mãos, tenho muito para aprender ainda e esse caminho não tem fim, estou aberto para o mundo e para outras afetações, ”declara .

Nesta edição, Álvaro convida Simona Talma com seu álbum intitulado “Ficção” e realiza uma performance no formato de vídeo-dança, onde o bailarino se deixa conduzir pelo música de Simona, colocando seu corpo a serviço de tudo que o envolve, como a temperatura, cores, e estado emocional. 

“O processo de criação se deu de maneira colaborativa e, dessa forma, cada integrante da equipe ia pensando em como a linguagem em que estava a desenvolver no trabalho poderia influenciar nas narrativas do corpo. Todos tinham a função de provocadores cênicos, e juntos pensamos a iluminação, o movimento de câmera, o figurino, a música e a performance”, declara Álvaro Dantas.

O bailarino planeja um trabalho solo para esse ano  com nome provisório de ” O menino que desaprendeu a dançar”, além de continuar com suas parcerias.Este projeto foi contemplado no edital Sesc Poti Cultural 2020.

FICHA TÉCNICA

Criação: Álvaro Dantas

Álbum: Ficção de Simona Talma

Provocações cênicas: Rozeane Oliveira, Thiago Medeiros, Pablo Vieira e Daniel Torres, Marina Rabelo

Consultoria de Figurino: Thiago Felipe (Algobão) e Rozeane Oliveira

Iluminação: Cléo Morais

Foto: Brunno Martins

 Vídeo e edição: Sihan Félix, 

Imagens adicionais: Paula Pardilhos e Brunno Martins.
Assessoria de Imprensa: Comunica CECI

Alimentação: Adriana Dantas

Apoio: Giradança, Maruim Filmes, Espaço A3, CIDA, Sociedade T, Algobão, Centro de treinamento CTZ, Cloaldo Mendonça Odontologia.

 

ÁLVARO DANTAS

Álvaro Dantas é bailarino, ator, apresentador e possui experiências em teatro-musical, residente em Parnamirim/RN. Desde 2007 acumula vivências artísticas em diversas linguagens das artes cênicas como espetáculos, workshops e oficinas, iniciando assim sua formação profissional. Integrou a Cia. de Dança da UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte) e atualmente é bailarino criador da Companhia Giradança, onde atua há 12 anos, e ator- fundador do Acordo Coletivo de Teatro e colabora com o Coletivo Insurgências Poéticas, também é apresentador de eventos como o Domingo na Arena e da Fundação Parnamirim de Cultura.

Previous ArticleNext Article
Cecília Oliveira
Cecília Oliveira é Comunicadora Criativa e Produtora Cultural, atua comunicando projetos artísticos na cidade do Natal há dez anos. É gorda power, a mil por hora, apaixonada por glitter, cachorros e fotografia.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *