Associação Potiguar de Circo pede doações de alimentos para artistas circenses

Com a pandemia de coronavírus, diversos setores tiveram que paralisar suas atividades cumprindo os decretos municipais e estaduais que visam conter a disseminação do vírus, e sem ter como arrecadar dinheiro para manutenção de seus colaboradores, muitos estão passando dificuldades. É o caso dos artistas de circo, que sem  a bilheteria estão sem ter como comprar alimentos. O alerta para esta situação quem faz é a Associação Potiguar de Circo (APOCIRCO) que está em campanha para arrecadar alimentos e doar para os circos potiguares.

“As dificuldades que o circo potiguar está passando são de tamanha tristeza. O circo vive da bilheteria, e sem ela não tem como chegar alimentação para os artistas. Temos 17 circos na ativa no Rio Grande do Norte que estão passando por esta dificuldade. Mais de 200 artistas estão sem alimentação, e precisamos do apoio da população para arrecadar cestas básicas e realizar essas doações”, declara o Palhaço Cebolinha, presidente da APOCIRCO.

Os Circo que fazem parte da Associação e estão precisando destas doações são os circos: Los Campelos, Palhaço Panelinha, Palhaço Rolamento, Empyare, Saturno, Nino, Iam, Cenorinha, Antônio Marcos,  Aros, Tiazinha Jane,  Paciência, Irmãos Dragneus, Palhaço Pastilinha, Arte Circo Show de Mossoró, Los Feitosa, Cremosinho, Palhaço Petequinha e Arena Circo.

As doações podem ser feitas no Estúdio Carlota, localizado na R. Sete de Setembro, 3329 – loja B – Candelária, Natal/RN. É preciso fazer agendamento da entrega via instagram @estudiocarlota. Outra forma de ajudar é colaborando com a campanha Abrace o Estúdio Carlota, onde os interessados podem adquirir vale-compras com descontos que são válidos para usar a partir de maio/2020, com um ano de validade, e também colaborar com projetos culturais ativos na cidade, como a APOCIRCO. Acesse nossa matéria e saiba mais.

Foto: Diego Ventura
Previous ArticleNext Article
Cecília Oliveira
Cecília Oliveira é formada em Jornalismo, atua como produtora cultural e assessora de comunicação, é gorda power, a mil por hora, apaixonada por glitter, cachorros e fotografia.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *