Thiago Medeiros e Marina Rabelo lançam novo trabalho com poesia em dois zines

Se reinventar é uma das marcas do Sarau Insurgências Poéticas que há dois anos movimenta a cena das artes integradas da cidade do Natal, depois de mais de 200 edições, entre intercâmbios, homenagens e temporadas, o projeto se reinventa mais uma vez e, ainda em celebração aos dois anos de trabalho, criam o selo Insurgências Poéticas para potencializar publicações independentes, através de parceiros e da economia criativa.

Os primeiros títulos da coleção são os novos trabalhos em poesia de Thiago Medeiros e Marina Rabelo: “O dom do Silêncio é o Grito” e “Todo tipo de Ardor”, respectivamente, os títulos trazem poemas que passeiam por sentimentos como amor, desejo, desamor e podem serão lançados nesta quarta feira, 18 de julho, dentro da programação do Sarau que homenageia a ativista Jacqueline Brasil, no Bardallos Comida e Arte, a partir das 19 horas.

Nesta edição o Sarau homenageia a luta da ativista Jacqueline Brasil, em uma noite de poesia, música e performances. Os convidados desta noite são os atores João do Vale e Wecsley Mariano, além de Marina Rabelo e Thiago Medeiros; a bailarina Rozeane Oliveira e performance da homenageada; para finalizar a noite terá o show da banda Reconvexo.

SOBRE A HOMENAGEADA

Entre tantos refazimentos, o sarau vem dialogando sempre com os direitos humanos seja com diálogos, apresentações… E nada mais justo e profundo homenagear Jacqueline Brasil, importante ativista sobre direitos humanos LGBTQI+ no RN, reconhecida nacionalmente pelo seu trabalho.

Nascida em Campo Grande, município do Oeste Potiguar (até 1991, Augusto Severo), Jacqueline Brasil exige ser tratada na terceira pessoa do pronome pessoal do caso reto.

“É um direito que conquistamos, de sermos tratadas como gênero feminino”.

A presidente da Atrevida (Associação de Travestis Reencontrando a Vida) é também conselheira estadual de saúde e vice-presidente da ASMANFA (Associação Nacional dos Militares e Forcas Auxiliares vivendo com HIV e AIDS).

Ela defende causas como a efetividade do nome social nos órgãos públicos, a realização da revista policial feita por agentes mulheres, o direito de utilizar banheiro feminino em todos os lugares, capacitação para o mercado de trabalho.

”Uma travesti não tem como se esconder, como os gays e as lésbicas. Tá na cara a condição dela. Por isso, desde cedo elas sofrem preconceito, o que quase sempre faz com que elas abandonem os estudos para viver de prostituição ou subempregos”.

THIAGO E MARINA, UMA PARCERIA QUE DÁ CERTO

A parceria entre os poetas Thiago Medeiros e Marina Rabelo é antiga e ativa e se estende desde 2012, quando se conheceram através da poesia, de lá para cá muitas realizações foram possíveis afetiva e profissionalmente, criaram juntos o insurgências poéticas; juntos com a poeta Michelle Ferret escrevem peças de teatro para o grupo Para Eu Parar de Me Doer, criado em 2010, entre elas: Memórias do Alecrim e João ou Eu Só queria ver os Pássaros; lançaram seus primeiros livros solos” das coisas que larguei na calçada e Para Eu Parar de Me Doer, juntos pela editora Caravela e agora e continuam tecendo essas possibilidades, agora lançando o selo e os zines que tem arte do artista visual Garibaldi Soares.

Marina lança: “Todo tipo de ardor”, o zine passeia por sentimentos como o amor, o desamor, o desejo, a esperança e tudo que arde dentro do cotidiano de cada um de nós. É escuridão e cintilância numa vontade de resistir e permanecer.

Thiago lança “O Dom do Silêncio é o Grito” que passeia entre despedidas, resistência e amor, um dos temas presentes em toda a obra do poeta e ator, desta vez apresentando poemas homoeróticos e fotos de Vanessa Mendes e Carlos Roger Tavares.

PROGRAMAÇÃO:

#POESIA: João do Vale, Wecsley Mariano, Marina Rabelo e Thiago Medeiros;

#PERFORMANCE: Jacqueline Brasil;

#DANÇA: Rozeane Oliveira;

#ARTESVISUAIS: Clarissa Torres;

#LITERATURA: Lançamento dos zines “O dom do Silêncio é o Grito” e “Todo Tipo de Ardor” de Thiago Medeiros e Marina Rabelo;

#MÚSICA: Banda Reconvexo.

SERVIÇO:

O QUE? Sarau Insurgências Poéticas – Especial Jacqueline Brasil, lançamento dos Zines de Marina Rabelo e Thiago Medeiros

QUANDO? Quarta feira, 18 de julho de 2018

ONDE? Bardallos Comida e Arte (R. Gonçalves Ledo, 678 – Cidade Alta)

QUE HORAS? 19 às 23

ENTRADA COLABORATIVA: 10,00

Previous ArticleNext Article
Alana Cascudo
Publicitária formada pela UFRN. Estudante de pós-graduação em MBA Gestão da Comunicação em Mídias Sociais na ESPM. Cinéfila, notívaga, apaixonada por viagens, gastronomia e assuntos relacionados. Sofrendo constantemente de insatisfação crônica, intolerante à lactose e totalmente desequilibrada.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *