Terças Clássicas da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte traz maestro alemão como convidado

Todo mundo já sabe que terça-feira é dia de projeto Movimento Sinfônico/Terças Clássicas da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte – OSRN no Teatro Riachuelo. Para apresentação desta terça-feira (25),  o convidado é o maestro e também solista (piano), o alemão Matthias Manasi, forte nome no cenário germânico de regentes e, defensor declarado por músicas novas e canções de filme. É aclamado internacionalmente como um grande pianista e, na maioria das vezes, toca piano durante a regência, performance, que será apresentada durante o concerto, com a obra “Der Bürger als Edelman”, do compositor alemão, Richard Strauss.

A entrada é gratuita e o segundo lote de ingressos estará disponível na Galeria Fernando Chiriboga – Midway Mall, a partir das 10h desta terça-feira. A apresentação tem início às 20h. Os ingressos serão impressos sem lugar marcado, exceto os camarotes. Não haverá fila de espera após a distribuição de todos os ingressos e somente clientes portadores de ingressos oficiais poderão entrar no teatro. Este mês, além de ofertar mais um lindo espetáculo ao público, a OSRN abraça e veste a camisa da campanha Pró-Queimados, que visa prevenir e diminuir as ocorrências com queimaduras, principalmente, durante as festividades juninas.

O Concerto tem direção artística de Linus Lerner, o talentoso e carismático maestro da OSRN, que sempre traz nomes de peso ao projeto como o deste mês. Matthias Manasi é um regente multifacetado de ópera e de concerto. Em seus trabalhos, assume caminhos e formatos modernos e inovadores. A versatilidade e o amplo repertório de Manasi o levaram a renomadas orquestras sinfônicas e de câmara, conjuntos de música contemporânea e casas de ópera ao redor do mundo. Os anos de 2018 e 2019 marcam sua terceira temporada como Diretor Musical da Nickel City Opera em Buffalo, EUA.

O programa da noite terá abertura com a obra “Die Fledermaus (O Morcego)”, uma opereta cômica do compositor austríaco, Johann Strauss, considerado o rei da valsa e das músicas dançantes durante o século XIX. E, para encerrar a apresentação, a “Sinfonia No. 3 (Escocesa)”, obra estruturada em quatro movimentos, de autoria do importante compositor, pianista e maestro alemão do início do período romântico, Felix Mendelssohn.

 Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte – OSRN

A orquestra é patrimônio cultural do RN e atualmente conta com 60 músicos que ensaiam diariamente na Cidade da Criança. O grupo continua com todo afinco a realizar um trabalho tanto educativo com a formação de novas plateias, quanto de difusão da música de qualidade, seja ela erudita ou popular. Um trabalho de suma importância para o desenvolvimento cultural do Estado do RN.

A OSRN tem o Governo do Estado do Rio Grande do Norte como seu principal mantenedor, e a temporada 2019 conta com o patrocínio do CEI Mirassol, patrocínio via incentivo fiscal da Companhia Energética do RN (Cosern) e Instituto Neoenergia, por meio da Lei Câmara Cascudo, da Unimed Natal, Hospital do Coração Natal e Prefeitura do Natal, por meio da Lei Djalma Maranhão.

O projeto Movimento Sinfônico é uma realização da OSRN, Fundação José Augusto e MAPA Realizações Culturais e conta ainda com o apoio do Teatro Riachuelo Natal, Opus Promoções, Galeria Fernando Chiriboga, Lado A Design, G7 Comunicação, Wish Natal Exclusive Resort e dos Restaurantes: Camarões Potiguar, La Cachette e Poti Restaurante.

Previous ArticleNext Article
Cecília Oliveira
Cecília Oliveira é formada em Jornalismo, atua como produtora cultural e assessora de comunicação, é plus size, a mil por hora, apaixonada por glitter, cachorros e fotografia.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *