Teatro de Cultura Popular recebe espetáculos de dança e teatro neste domingo

Domingo normalmente é aquele dia parado em que falta opção de programação cultural na cidade, mas no próximo domingo, 30, o Teatro de Cultura Popular Chico Daniel recebe dois espetáculos, Chamada (dança contemporânea) e Pedro Vermelho (teatro). O primeiro tem entrada franca e o segundo tem ingressos a R$20 (inteira) e R$10 (estudante).

Chamada é uma montagem especial do Entre Nós Coletivo de Criação desenvolvida em parceria com o bailarino e coreógrafo isralense, Ofir Yudilevitch, como parte integrante do Conecta Israel, um desdobramento do Encontro de Dança Contemporânea promovido em Natal pela diretora cênica, Diana Fontes. No palco, os bailarinos misturam a capoeira e a dança contemporânea de Brasil e Israel, enquanto se deixa atravessar pela trilha sonora original da cantora e compositora Rebeca Nunes. A apresentação começa às 18 horas. A retirada dos ingressos acontece no local a partir das 17 horas.

Com livre adaptação do conto ‘Relatório à Academia’ de Franz Kafka, o espetáculo Pedro Vermelho é conduzido pelo ator Igor Fortunato ou Doc Câmara, conta com direção de Marcelo Santos, assistência de Diana Fontes e Doc Câmara.

Na adaptação do conto de 1917, Pedro Vermelho é um chimpanzé recém chegado da Costa do Ouro, que procura uma saída para a situação de enjaulamento e passa a simular o comportamento humano na tentativa de conseguir a liberdade. A apresentação começa às 20 horas. 

Então, se você procura uma proposta diferenciada para o domingo já sabe: tem cultura no TCP. 

SERVIÇO:

Chamada

Teatro de Cultura Popular Chico Daniel (TCP)

30.09 às 18h

ENTRADA GRATUITA (ingressos serão distribuídos no local)

Pedro Vermelho

Teatro de Cultura Popular Chico Daniel (TCP)

30.09 às 20h

Ingressos a R$20 (inteira) e R$ 10 (estudante)

Previous ArticleNext Article
Cecília Oliveira
Cecília Oliveira é formada em Jornalismo, atua como produtora cultural e assessora de comunicação, é plus size, a mil por hora, apaixonada por glitter, cachorros e fotografia.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *