Em 2015, uma lei aprovada no Senado obriga os cinemas a adotar a audiodescrição nas salas, como forma de incluir pessoas com necessidades especiais. Embora aprovada a lei, muitos cinemas em Natal ainda não adotam a regulamentação.

Para chamar atenção ao problema e comemorar o Dia do Estudante, o Centro de Apoio Pedagógico para Atendimento às Pessoas com Deficiência Visual Profa. Iapissara Aguiar (CAP) realiza na quarta-feira (9) uma sessão do filme “Hotel Transilvânia” no Teatro da Cultura Potiguar com áudio descrição. A sessão ocorre às 14h30, é gratuita, mas fechada para os alunos do Cap.

A audiodescrição é um recurso de acessibilidade que traduz as informações visuais em palavras, tornando-o acessível ao público com cegueira ou baixa visão, facilitando, também para o entendimento das pessoas com deficiência intelectual, dislexia, entre outras.

Sobre o CAP

O CAP é uma instituição governamental vinculada à Secretaria de Estado da Educação e da Cultura – SEEC, à CODESE e à Subcoordenadoria da Educação Especial – SUESP, que oferece Atendimento Educacional Especializado – AEE, a alunos com deficiência visual matriculados na rede da educação básica.

Além do AEE, o CAP dispõe de um núcleo de produção que adapta o material didático para o aluno que necessita, por exemplo, de uma impressão em Braille ou fonte ampliada e também apoia, orienta e contribui com a formação de profissionais da educação.

O Cine CAP é um projeto realizado na instituição e que, pela primeira vez, ultrapassa os muros, com o intuito de oferecer ao aluno, a experiência de vivenciar um dos principais espaços culturais da cidade do Natal e acontecerá na semana em que se comemora o dia do estudante, que, para o CAP, é motivo de celebração.