O sanfoneiro Thiago Ricarte, bem conhecido da cena de forró da cidade, publicou nesta semana um desabafo nas redes sociais pedindo valorização aos músicos da cidade, principalmente durante o período do São João.

Um dos pontos que ele coloca é a questão do cachê. Logo no início, ele fala dos custos que um bom músico tem para montar um repertório e fazer uma boa festa de São João.

Depois, ele fala da falta de valorização dos artistas potiguares. Ele cita que muitos forrozeiros precisam ir para o Ceará para poderem ser valorizados em Natal.

Veja o desabafo abaixo.