Para quem não sabe, o Between Food & Art reabriu no final de junho o seu espaço para exposições de arte. A primeira mostra, exposição Sui Generis, encerrou recentemente, e agora é a vez da Exposição IRENE da Sarah Fernandes.

A Vernissage acontecerá na próxima terça, 8 de agosto, as 19hr, e depois a exposição ficará no Between aberta ao público de  9 a 31 de agosto (das 17h as 23h).

Saiba mais sobre a Exposição Irene abaixo:

“- Entra, Irene.

Você não precisa pedir licença.”

(Manuel Bandeira)

Que força seria essa perenemente patente nas telas da exposição!? Seria uma deusa? A Hora da paz? Seria uma Santa? Mulher que não precisa pedir licença para entrar? Aquela detrás das faces das moças dessas pinturas? O barro que fez a xícara? A xícara que contém o que ela envolve? O desdém da xícara às leis da física? Quem é essa Irene?

Irene, nome de mulher. Em grego é o mesmo que paz. Era também o nome da deusa grega que personificava a paz, entendida naquela cultura como coisa temporária, passageira.

Não por acaso, SARAH FERNANDES nos convida a privar da companhia da mulher IRENE e de seu íntimo e ânfemero universo feminino, ao tempo que somos provocados a refletir sobre paz.

Em meio às plantas, bules, bolos, cafés e chás, vemos Irene em sua paz cotidiana. Seus rostos e gostos, seus ritos e deleites, lembram-nos que existe, sim, uma paz que é fruto de se fazer o que apraz.

Nessa atmosfera é fácil imaginar a artista, a autora, espairecendo num jogo de harmonizar, buscando na pintura sua simples paz de cada dia. Assim, cada tela é um momento triplo de serenidade: há a paz de Irene, registrada pela pintura, há a paz de Sarah, buscada e vivida no ato de pintar, e há também a paz do espectador, a paz de quem contempla Irene.

Os traços personalíssimos e o estilo de SARAH FERNANDES dão aos recorrentes elementos de suas telas uma originalidade impactante. IRENE é uma oportunidade para fazer ressoar essa paz que brota dos prazeres mais simples e corriqueiros, é promessa de encanto para os amantes da boa arte.