Os moradores do Passo da Pátria, bairro localizado na Zona Leste de Natal, vão ganhar um mini anfiteatro ecológico feito inteiramente em bamboo e “superadobe”, como se chama a técnica de erguer pequenas construções a partir de sacos de polipropileno preenchidos com solo argiloso e moldados de acordo com o que se deseja.

A realização do espaço já começou e está sendo articulada por colaboradores do projeto INarteurbana, em parceria com os próprios moradores da região que vão ganhar não apenas um mini anfiteatro, como também a revitalização da praça com a instalação de uma horta comunitária e bancos de convivência.

“A praça será um espaço ainda mais construtivo e eco responsável porque será um local 100% colaborativo e administrado pelos próprios moradores, que vão cultivar as plantinhas da horta e decidir a programação do minianfiteatro”, explica Agathae Montecinos, presidente da Pixo, uma das associações culturais responsáveis pelo projeto.

Vale lembrar que uma chamada para simpatizantes de permacultura e de construções eco-responsáveis que desejem colaborar com o projeto ainda está aberta. Para participar basta enviar contato e disponibilidade para o e-mail [email protected]

ABERTURA NO DIA 1 DE SETEMBRO

Durante o mês de agosto, o INarteurbana vai promover uma série de vivências no bairro, aproximando jovens e crianças das mais diversas linguagens de street art. Os oficineiros/residentes foram selecionados mediante uma chamada pública aberta para o Brasil inteiro e começam suas ações a partir do dia 15 de agosto.

A abertura da edição 2017/2018 e a consequente finalização dos trabalhos artísticos que serão desenvolvidos ao longo destas semanas ocorre no dia 1 de setembro às 15h, na Pinacoteca Potiguar (Palácio da Cultura), quando também será realizada a abertura da exposição desta edição com trabalhos dos artistas selecionados mediante chamada pública, e também de outros convidados exclusivamente pela curadoria do projeto.

A festa de lançamento vai reunir uma retrospectiva das ações do INarteurbana durante este ano de permanência no Passo da Pátria, e também projeção de filme de arte urbana, mesas redondas, feira mix, DJs e batalhas de graffiti.