Os bons de câmera discutem: o que faz um filme ser bom?

Essa é daquelas perguntas simples, mas que causa polêmica.

Um filme ser bom ou não pode trazer critérios diferentes para cada pessoa, o que torna algo bem diverso e o debate bem interessante. Muitos dirão, depende do gosto de cada uma. Mas, óbvio, não dá para descartar aspectos técnicos como produção e roteiro dentro dessa conta.

Há obras boas dentro do circuito comercial?

Ou é preconceituoso achar que é impossível um blockbuster ser bom?

Mais: e do outro lado, será que um filme considerado uma obra prima pelos críticos pode simplesmente não entreter?

Essas são algumas questões discutidas no podcast “Bons de Câmera” gravados pelos cineastas (e cinéfilos) de natal Matheus Cardoso, Pedro Fiuza, Moniky Rodrigues e Vitor Bezerra.

Eles comentam ainda o longa “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho”, que representará o Brasil na próxima cerimônia do Oscar, além da morte do Robin Williams.

É uma produção da produtora (e parceira deste blog) Casa da Praia. 

Previous ArticleNext Article
Jornalista formado pela UFRN. Fez o Curso Estado de Jornalismo Econômico do Estadão/FGV e o Rumos Jornalismo Cultural do Banco Itaú. News addicted. Apaixonado também por internet, cultura, política, mídias sociais, publicidade e pelo Palmeiras. Odeia azeitona.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *