A dureza do Tenente Styvenson, o xerife da Lei Seca, na aplicação de multas aos que dirigem e bebem em Natal já rendeu inúmeras polêmicas, discussões e agora uma música.

Ele já apareceu no programa da Fátima Bernardes, falou que usava as redes sociais para monitorar os aplicativos que avisam sobre blitz e até já recebeu ameaças de morte.

De forma bem humorada (e com um refrão para lá de chiclete), a composição de Júlio Lima ressalta a característica implacável do tenente, que não perdoa nem “filho de presidente, ou desembargador”.

Não se sabe se o vídeo abaixo é o clipe oficial, ou avulso da música, mas que ele é muito engraçado, isso é. Veja: