Mostra do Cineclube Natal terá cyberpunk, duendes e Yakusa em Nalva Melo Café Salão

A XIII Semana do Filme Cult chega no dia 16 de maio homenageando o cinema nipônico de horror em Nalva Melo Café Salão. O evento traz os filmes “Tetsuo, o homem de ferro”, “Hiruko, o duende” e “Ichi, o assassino”, filmes escolhidos pelo Cineclube Natal. A exibição acontece de 16 à  18 de maio sempre às 19h, com a cobrança de uma taxa de manutenção não obrigatória para entrada, de R$ 5 reais.

A mostra começa na quinta-feira (16), com “Tetsuo, o homem de ferro” (1989), de Shinya Tsukamoto. Neste body horror cyberpunk, um homem que tem fetiche por metais é atropelado por um motorista que foge do local, deixando-o gravemente ferido. Ao reconstruir seu corpo mutilado com peças metálicas, torna-se uma espécie de “consciência da máquina”, pronto para infectar o restante da humanidade. É uma produção altamente experimental, que flerta com o universo cybepunk e o cinema trash, verdadeiro representante do cinema cult japonês.

Na sexta-feira (17), a mostra entra num clima mais folclórico, com “Hiruko, o duende” (1991), também do diretor Shinya Tsukamoto. Os eventos do longa descrevem uma escola que foi construída sobre um dos portais do inferno, onde hordas de demônios aguardam ansiosos o momento de se libertarem para obliterar o mundo. Hiruko é um duende que foi mandado numa missão de reconhecimento durante a qual ele aproveita para se divertir “roubando” certas partes dos corpos dos jovens estudantes para usá-las na “construção” de companheiros. Um professor de arqueologia e um aluno abobalhado começam a investigar os estranhos acontecimentos. Este filme guarda estreita afinidade visual com o americano “Evil Dead” (1981), de Sam Raimi.

A programação termina no sábado (18), com um filme do grande Takashi Miike, “Ichi, o assassino” (2001). Baseado no famoso mangá de Hideo Yamamoto, o longa conta a história de Anjo, um chefe da máfia japonesa – a Yakuza – que desaparece com três milhões de ienes. Os membros de sua gangue, liderados pelo masoquista Kakihara, saem em sua busca, mas os métodos extremamente violentos do novo líder acabam chamando a atenção negativamente de gangues rivais. Tudo piora quando ele contrata o misterioso assassino psicopata Ichi, controlado por um policial aposentado. “Ichi, o assassino” é uma ode à violência extrema, elevando-a a um patamar de mais pura manifestação artística. Definitivamente não é para aqueles de estômago fraco.

A Semana do Filme Cult é o mais longevo projeto do Cineclube Natal, este ano realizado com o apoio de Nalva Melo Café Salão, completando 13 edições. O Cineclube Natal cobra uma taxa de manutenção não obrigatória para entrada, de R$ 5.

Serviço:

O quê? XIII Semana do Filme Cult, com a exibição de “Tetsuo, o homem de ferro”, “Hiruko, o duende” e “Ichi, o assassino”.
Onde? Nalva Melo Café Salão – Av. Duque de Caxias, 110 – Ribeira, Natal – RN.
Quando? 16 a 18 de maio de 2019 (quinta-feira a sábado), às 19h
Quanto? R$ 5, taxa de manutenção.

Previous ArticleNext Article
Cecília Oliveira
Cecília Oliveira é formada em Jornalismo, atua como produtora cultural e assessora de comunicação, é plus size, a mil por hora, apaixonada por glitter, cachorros e fotografia.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *