MADA 20 anos: confira a programação completa e horários dos shows

Foto: Diego Marcel 

O festival Música Alimento da Alma (MADA), um dos mais antigos do Nordeste, celebra 20 anos  na próxima semana na área interna da Arena das Dunas. Se você está super empolgado como a gente, confira aqui todas as informações sobre o festival e o horários dos shows que acontecem dias 12 e 13 de outubro a partir das 18h.

O line-up desta edição comemorativa conta com atrações de peso, como: Pitty, Nação Zumbi,  ÀTOOXXÁ, Cordel do Fogo Encantado, Saint Chameleon (Áustria) e Alfonsina (Uruguai), Far From Alaska, Talma e Gadelha, Duda Beat, Rincon Sapiência, Baiana System, francisco El Hombre,  Ângela Castro, Alphorria, Luísa e os Alquimistas e a tão esperada Franz Ferdinand (UK).

Além das atrações incríveis, o MADA traz nesta edição comemorativa um terceiro palco, o MADA Arena localizado na área Podium da Arena das Dunas. Nele apresentam-se djs, e as bandas: Dingo Bells, Duda Beat, Rieg, Talma e Gadelha, Demonia, Potiguara Bardo, Bex, Ardu e Ciro e a cidade.

O festival ainda contará com a famosa Feira Mix, que apresenta trabalhos de arte, cultura pop, moda e artesanato criativo. Este ano, as marcas que participam da feira são: Crioula Bagwear, Seu Broderie, Camisetas Lunáticaz, Adoro Bijuterias, Hôrôya, Pimenta Camisetas, Ilustraclub, Sonho de Papel, Mudra Ateliê, Art’Zans, Andaluz Handmade, Banca Ninja, Pitanga Camisetas, Firmão, Mayrles Emile e Parêa Calçados. O MADA conta também com praça de alimentação, bares, banheiros,  área de convivência.

Conheça as atrações que se apresentam no MADA 20 ANOS:

BEX (RN)

Revelação da música potiguar, BEX é o nome artístico da cantora e compositora Rebeca Nunes, que investe em um trabalho experimental que mistura sons eletrônicos, blues, jazz, house, dub, hip-hop e outros sub-gêneros.

POTYGUARA BARDO (RN)

A Drag queen personificada por José Aquilino, que também é ator e compositor, lançou recentemente seu disco de estreia, Simulacre, pelo selo Incubadora DoSol. O álbum tem momentos dançantes e introspectivos, misturando house music, reggae e até lambada.

CIRO E A CIDADE (RN)

Formada por Ciro Guilherme (guitarra/voz), Felipe Cortez de Sá (teclados/synths), Lucas Ezequiel (guitarra), Pedro Henrique Dantas (baixo) e Pedro Lucas Freire (bateria), Ciro e a Cidade é uma banda potiguar que mistura indie rock e brega nordestino.

ALPHORRIA (RN)

Na estrada há vinte e três anos, a Banda Alphorria é pioneira no reggae potiguar, misturando as raízes do nosso folclore à linguagem universal do reggae. A banda está prestes a lançar um novo álbum totalmente autoral.

francisco, el hombre (SP)

A banda formada por Juliana Strassacapa, Mateo Piracés-Ugarte, Sebastián Piracés-Ugarte, Andrei Martinez Kozyreff e Rafael Gomes traz sonoridades latino-americanas com letras em espanhol e português misturando cumbia, maracatu, samba e rock.

DUDA BEAT (PE)

A pernambucana radicada no Rio, Duda Beat,  é um dos nomes mais promissores dentre as vozes femininas . Com pitadas de R&B, ela traz nas suas músicas a “sofrência” do brega pernambucano, misturado ao indie e ao pop.

DINGO BELLS(RS)

Trio indie pop gaúcho formado pelo vocalista e baterista Rodrigo Fischmann, o guitarrista Diogo Borchmann e o baixista Felipe Kautz. O trio vem ganhando espaço na cena musical brasileira, já se apresentou no Lollapalooza e tocou em shows de Ringo Starr, Television, Maroon 5.

LARISSA LUZ (BA)

De formação nas áreas de canto, dança e teatro, a baiana já tocou na banda de rock feminina Lucy in the sky e também no Araketu. Em 2015 lançou o single “Território conquistado”, dividindo os vocais com Elza Soares. Seu cd autoral “Território conquistado”, gravado com apoio do projeto Natura Musical, também conta com participação especial de Thalma de Freitas em “Mama chama”.

NAÇÃO ZUMBI (PE)

Desde 1991 em atividade, a Nação Zumbi é uma das mais importantes do país, responsável por lançar para o mundo o movimento Manguebeat com o álbum ‘Da Lama ao Caos’’. De lá pra cá lançou seis álbuns de estúdio, além de dois álbuns ao vivo que também viraram DVD, sempre inovando e misturando novos elementos ao rock e ao manguebeat.

BAIANA SYSTEM (BA)

Formada por Russo Passapusso, Roberto Barreto, SekoBass e Filipe Cartaxo, a Baiana System surgiu em 2009 em Salvador trazendo novas possibilidades sonoras para a guitarra baiana. São músicas dançantes que misturam o sound system jamaicano com a guitarra baiana, além do frevo e samba reggae.

CORDEL DO FOGO ENCANTADO (PE)

A banda pernambucana Cordel do Fogo Encantado é formada por Lirinha (compositor, voz e pandeiro), Clayton Barros (violão e voz), Emerson Calado (percussão e voz), Nego Henrique (percussão e voz) e Rafa Almeida (percussão e voz) e retorna aos palcos após uma parada de oito anos. A banda já se apresentou no festival em 2009 e promete apresentar novas canções ao lado de músicas como: Chover (Ou Invocação para um Dia Líquido), Pedrinha e Os Oim do Meu Amor.

ÀTTOOXXÁ (BA)

Coletivo formado por Raoni Knalha (voz), Rafa Dias e Wallace Chibata (guitarra), o ÀTTOOXXÁ vem fazendo história na cena musical brasileira ao ressignificar o pagode baiano a partir de bases eletrônicas.  

SAINT CHAMELEON (ÁUSTRIA)

A austríaca Saint Chameleon transita pelo funk, jazz, música clássica e música cigana. A banda é composta pelos austríacos Lukas Custos e Luka Sulzer; o brasileiro Emiliano Sampaio (guitarrista e trombonista); o bósnio Kajetan Kamenjasevic (baixo); o austríaco Raphael Vorraber (baterista) e os alemães Martin Mayr (clarinete, saxofone e flauta) e Thilo Seevers (teclado e acordeon).

ÂNGELA CASTRO (RN)

Nascida em Porto Velho (RO), Ângela Castro iniciou sua carreira em Natal (RN). São 16 anos de estrada e muitos mergulhos em parcerias, além de bandas como o Rosa de Pedra. Seu trabalho autoral é inspirado principalmente na música brasileira  da década de 70, produzido por Gabriel Souto, “Ângela Castro e Buena Onda” mistura o rock n’ roll setentista e flui em beats eletrônicos, dub, rock e afrobeat.

ARDU (RN)

Projeto de João Victor Moura Lima (Talude/Arduíno Contra o Bando/Mamute) com Isa Graça (Demonia), Vik Romero (Talude), conta ainda com contribuições de Rayanna Guesc, Julia Donati e Luiza Fonseca, misturando instrumentos orgânicos, samples e sintetizadores que resultam numa espécie de chillwave tropical com letras que relatam experiências pessoais e abordam questões do cotidiano.

TALMA & GADELHA (RN)

Banda residente do projeto Incubadora DoSol, o Talma e Gadelha é formada por Simona Talma (voz), Luiz Gadelha (voz e guitarra), Thiago Andrade (guitarra), Ana Morena (Baixo) e Yves Fernandes (Bateria) tem quatro discos lançados e apresenta no MADA o seu mais novo álbum, Marfim.

RIEG (SP)

Despontando como um dos nomes mais interessantes da recente cena musical paraibana, o trio  formado pelo americano e alemão  Rieg R (voz/sampler/synth), Daniel Jesi (baixo) e Nildo Gonzalez (bateria), chega embalada pelo trip hop e referências visuais.

PITTY (BA)

Após dois anos longe da estrada, Pitty volta aos palcos com show “Matriz”, que traz músicas potentes, como “Na Pele”, lançado com participação de Elza Soares, e “Contramão”, com Emmily Barreto (Far From Alaska) e Tássia Reis, além de sucessos da carreira outras surpresas.

OTO GRIS (SP)

O trio formado em 2015 reúne Davi Serrano (voz, guitarra, synth e efeitos), Jonas Gomes (baixo e synth) e Victor Bluhm (bateria e samples), é fortemente influenciado pela música popular brasileira setentista, o jazz, o rock progressivo, reggae, as artes visuais e o cinema novo.

LUÍSA E OS ALQUIMISTAS (RN)

Mais uma banda forte do cenário potiguar. É formada por Luísa (compositora e vocalista), Zé Caxangá (synth e guitarra), Gabriel Souto (bases eletrônicas, mpc e efeitos de voz) e Pedras (baixo e samplers). A sonoridade da banda mistura o tecnobrega com dancehall, em uma pegada dançante.

JADE BARALDO (SC)

Aos 19 anos, a catarinense combina MPB, pop e jazz. Seu primeiro single ‘Brasa’, alcançou o 1º lugar na parada viral do Spotify no Brasil.  “Nem o Mar (Pôde Levar)”, veio na sequência com um vídeoclipe. A canção vem com uma interpretação expressiva, conduzida por uma voz vibrante.

RINCON SAPIÊNCIA (SP)

O rapper paulistano Rincon Sapiência se apresenta pela primeira vez no RN. Seu álbum ‘Galanga Livre’,  entrou na lista da Associação Paulista de Críticos de Artes (APCA) entre os 25 melhores álbuns da música brasileira no primeiro semestre de 2017 e ganhou dois troféus do Superjúri no Prêmio Multishow no mesmo ano, nas categorias Melhor Produção. Seu som mistura capoeira, blues, passando pelo coco e pela tropicália, até o afrobeat, permeadas pela sua veia rock and roll característica.

FAR FROM ALASKA (RN)

Formada por Emmily Barreto (vocais), Cris Botarelli (guitarra, sintetizadores e vocais), Rafael Brasil (guitarras) e Lauro Kirsch (bateria), a banda de rock potiguar tem riffs pesados, vocais femininos e letras em inglês. Ganhou visibilidade ao se apresentar no festival “Planeta Terra”, com direito a citações elogiosas de Shirley Manson do Garbage. O álbum “modeHuman”, foi eleito um dos 10 melhores de 2014 pela Rolling Stone Brasil. O mais recente álbum do Far From Alaska, “Improvável” (“Unlikely”) foi produzido e gravado por Sylvia Massy (Tool, System Of A Down, Johnny Cash, etc.) em seu próprio estúdio em Ashland Oregon (EUA).

DEMONIA (RN)

Banda de punk rock formada por Quel Soares (Joseph Little Drop), Nanda (Concílio de Trento), Isabela Graça, Karina Moritzen (Brasinha) e Karla Farias (Thee Automatics, ex-BarbieKill). Com um repertório curto  porém intenso, a demonia apresenta músicas com temas tanto políticos e agressivos, quanto ácidas, divertidas e grudentas.

ALFONSINA (URUGUAI)

Alfonsina é cantora, compositora e multi-instrumentista uruguaia. Começou sua carreira profissional em 2010, depois de ter sido convidada por Tricky (Massive Attack) para sair em turnê como sua vocalista. Inspirada no jazz e na canção popular, ela lançou o álbum “El Bien Traerá el Bien y El Mal Traerá Canciones”, que lhe rendeu o Prêmio Grafitti, o principal da indústria musical de seu país, de “Melhor Artista Novo” em 2015.

FRANZ FERDINAND (UK)

Surgida no início dos anos 2000, a banda escocesa trilhou as paradas de sucesso britânicas com uma mistura de indie rock e dance music, embaladas por hits como “Take me out”, “Do You Want to”, “This Fire” e “Darts of Pleasure”. Após quatro discos lançados e uma breve pausa nas apresentações, o grupo voltou a se reunir e lançou este ano “Always Ascending”. O disco também  marca a estreia dos integrantes Dino Bardot (do trio 1990s) e Julian Corrie (mais conhecido na seara eletrônica por Miaoux Miaoux), essa nova versão do Franz Ferdinand vem repleta de experimentações e mais dançante do que nunca!. O Franz Ferdinand é formado por Alex Kapranos, Bob Hardy, Paul Thomson, Julian Corrie e Dino Bardot. O show do MADA é o único no Nordeste da mini turnê brasileira, que passa também por São Paulo e Curitiba.

Confira o line-up completo:

12 DE OUTUBRO (SEXTA-FEIRA)

_PALCO TNT ENERGY STAGE
PITTY – 2H
CORDEL DO FOGO ENCANTADO – 23H20
ÀTOOXXÁ – 21H40
JADE BARALDO – 20H20

_PALCO COCA-COLA
NAÇÃO ZUMBI 0H30
FAR FROM ALASKA 22H30
SAINT CHAMALEON (ÁUSTRIA) – 21H
ALFONSINA (URUGUAI)- 19H40

_PALCO MADA ARENA

DJS
DINGO BELLS – 22H
DUDA BEAT – 21H
RIEG – 20H
TALMA E GADELHA – 19H
DEMONIA – 18H

DIA 13 (SÁBADO)

_PALCO TNT ENERGY DRINK STAGE
FRANZ FERDINAND (UK) 00H30
RINCON SAPIÊNCIA 22H50
LUÍSA E OS ALQUIMISTAS 21H10
ANGELA CASTRO – 19H40

_PALCO COCA-COLA
BAIANA SYSTEM – 2H
FRANCISCO EL HOMBRE – 23H40
LARISSA LUZ – 22H
ALPHORRIA – 20H20
OTO GRIS 19H

_PALCO MADA ARENA

DJS
POTIGUARA BARDO – 21H
BEX – 20H
ARDU – 20H
CIRO E A CIDADE – 19H

Ingressos

Além da meia entrada para estudantes, o Mada oferece  descontos para professores da rede municipal de ensino, portadores de ID Jovem e doadores regulares de sangue. Há também ingresso social com entrega de um quilo de alimento. As doações serão direcionadas a instituições da cidade de Natal, que atendem crianças, idosos e pessoas com necessidades especiais. Para saber mais sobre as condições acesse as plataformas de venda de ingresso (Arena das Dunas e Sympla).

Pista Meia (Sexta) – R$ 60,00
Pista Meia (Sábado) – R$ 70,00
Pista Temporada Meia (Sexta e Sábado) – R$ 120,00
Pista Ingresso Social * ( Sexta ) – R$ 70,00  + 1kg Alimento
Pista Ingresso Social * ( Sábado ) – R$ 80,00  + 1kg Alimento
Rockstage meia (Sexta) – R$ 65,00
Rockstage meia (Sábado) R$ 65,00
Rockstage Temporada Meia (Sexta e Sábado) – R$ 110,00
Rockstage inteira (Sexta) – R$ 130,00
Rockstage inteira (Sábado) – R$ 130,00
Rockstage Temporada Inteira (Sexta e Sábado) – R$ 220,00

Os ingressos também são vendidos na Oticalli do Midway Mall.

Previous ArticleNext Article
Cecília Oliveira
Cecília Oliveira é formada em Jornalismo, atua como produtora cultural e assessora de comunicação, é plus size, a mil por hora, apaixonada por glitter, cachorros e fotografia.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *