A ideia é bem bacana e vi lá no Hypeness.

Já imaginou um café onde um grupo de voluntários se encontraria para consertar equipamentos quebrados de forma gratuita e colaborativa para outras pessoas?

Pode ser celular, televisão, brinquedos, bicicletas… O que for!

Bem, essa é a iniciativa do Repair Café, que começou em Amsterdam e já se espalhou por 10 países. É um jeito interessante de se livrar da tal da obsolescência programada, mal do nosso tempo, e que acelerou o prazo de validade de muita coisa – principalmente eletrônicos.

Além de tudo, é bom para o meio ambiente, porque diminui a quantidade de lixo que é jogado e garante uma sobrevida àquele seu celular quebrado, por exemplo.

No Brasil, infelizmente só um desses em Santos (SP).

Seria uma ótima trazer esse conceito para a nossa cidade.  Quem toparia organizar? 🙂

Vai uma matéria bacana da Al Jazeera (em inglês) sobre o conceito. Aqui, para os mais curiosos, segue o site do projeto.