Fórum Potiguar de Cultura vai discutir Lei Câmara Cascudo no TCP

No próximo sábado (22), o Fórum Potiguar de Cultura realiza a Oficina: Debatendo a Lei Câmara Cascudo no Teatro de Cultura Popular Chico Daniel a partir das 9 horas. O evento é aberto ao público e gratuito.

A oficina será composta por painéis que serão apresentados por conhecedores da Lei Câmara Cascudo, como: João Flavio (Servidor da Secretaria Estadual de Tributação (SET) e Membro da Comissão Normativa da Lei Câmara Cascudo), Paulo Sarkiss ( Músico, vice presidente do Sindicato de Músicos do RN e Membro da Comissão Normativa da Lei Câmara Cascudo) e Ana Morena (Musicista, fundadora e gestora do Combo DoSol).

Durante o evento serão apresentados os procedimentos relacionados à renúncia fiscal dentro da tramitação legal, o que a lei autoriza e o que a lei não engloba, além de  projetos realizados com recursos captados via Lei Câmara Cascudo.

SOBRE FÓRUM POTIGUAR DE CULTURA
Criado em 2011 o Fórum Potiguar de Cultura, uma organização da sociedade civil com participação de dezenas de artistas, produtores, redes setoriais, grupos e movimentos culturais, tem se proposto a ser um espaço para dialogar questões relacionadas á produção, gestão e política cultura no âmbito estadual.
Sua atuação desde então tem sido através de promoção de encontros e espaço de diálogos. Em 2012 através da realização do primeiro Encontro Potiguar de Cultura gerou a ‘Cartilha de Diretrizes para a Cultura Potiguar’. Em 2014 realizou um debate entre os candidatos ao governo, e tomou a iniciativa de indicar ao eleito uma lista tríplice com nomes para a gestão da área. Também foi responsável pelo terceiro (2016) e quarto (2018) Encontro Potiguar de Cultura onde se gerou uma proposta para o Sistema de Financiamento Cultural, que vem sendo discutido desde então.
Previous ArticleNext Article
Cecília Oliveira
Cecília Oliveira é formada em Jornalismo, atua como produtora cultural e assessora de comunicação, é plus size, a mil por hora, apaixonada por glitter, cachorros e fotografia.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *