Hoje o cinema nacional está em festa, afinal, não é todo dia que temos um filme totalmente brasileiro disputando uma vaga entre os cinco finalistas na categoria “Melhor Filme Estrangeiro” do Oscar 2015.

Você sabe de que filme estou falando? É o longa “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho”, do Daniel Ribeiro.

Para quem nunca teve o prazer de ver esse singelo filme, já fica mais uma razão clara para ver agora.

Ele trata da descoberta da sexualidade de um jovem com deficiência visual, Leonardo. Apesar de abordar um assunto denso, o filme tem uma visão singular e leve sobre a realidade deste adolescente e os preconceitos os quais ele ultrapassa.

O longa foi ainda livremente inspirado em um primeiro projeto do curta lançado em 2011 do mesmo diretor, intitulado “Hoje Não Quero Voltar Sozinho”. Tem disponível na integra no youtube aqui.

Sua saga rumo a disputa do Oscar deu o primeiro passo quando o longa passou por uma seleção aqui no Brasil, que tinha como objetivo decidir qual filme iria para essa difícil disputada e “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho” ganhou dos seguintes nomes: Entre Nós, Serra Pelada, Não Pare na Pista: A Melhor História de Paulo Coelho, O Lobo Atrás da Porta, O Menino e o Mundo, Praia do Futuro, Tatuagem e outras 10 produções sugeridas.

Agora o filme começa a chamada campanha para o Oscar, com publicações em anúncios em famosas revistas oficiais, como a Variety, exibições para formadores de opiniões, além de, claro, o envio de uma cópia do filme para a Academia de Cinema de Hollowood.

A segunda fase da seleção acontece em dezembro com a divulgação de uma pré-lista com os nove finalistas da categoria e só em janeiro de 2015 sai a lista final com os cinco indicados oficiais a todos as categorias.

Para quem se interessar em dar uma sacada nos filmes escolhidos por cada país como seu representante, segue uma listinha:

  • “Beloved Sisters” – Alemanha
  • “The Dark Valley “– Áustria
  •  “Matar um Homem” – Chile
  • “Cowboys” – Croácia
  • “Tangerines” – Estônia
  • “Concrete Night” – Finlândia
  • “The Golden Era” – Hong Kong
  • “White God” – Hungria
  •  “The Light Shines Only There” – Japão
  • “Rocks in My Pockets” – Letônia
  • “Never Die Young” – Luxemburgo
  • “Jhola” – Nepal
  • “1001 grams” – Noruega
  • Timbuktu – Mauritânia
  • “Cantinflas” – México
  • “Ida” – Polônia
  • “The Japanese Dog” – Romênia
  • “See You in Montevideo” – Sérvia
  • “Force Majeure” – Suécia
  • “Winter Sleep” – Turquia
  • “Libertador”– Venezuela

OBS: Para quem se interessar mais por conhecer bons filmes nacionais, fica aqui uma listinha que fiz com 10 excelentes filmes nacionais na minha humilde opinião. E adivinha quem ta lá, isso mesmo, “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho”