Festival Pôr do Som (& Dosol) chega a sua última edição repleto de atrações

Para fechar o mês com muita música, o Festival Pôr do Som, promovido pelo Dosol, chega a sua última edição dia 27 de janeiro no Terreno Pirangi, praia de Pirangi. A programação inclui o som da Letrux (RJ), o pagode eletrônico e infalível do Attooxxa, e dos bombados potiguares Orquestra Greiosa, Potyguara Bardo e Skarimbó.

O rolezinho tem agitado os últimos domingos com programação a partir das 16 horas e já contou com a participação de Academia da Berlinda (PE), o rap/repente envenenado da Jéssica Caitano (PE) e o suingue festeiro dos heróis locais, a banda Dusouto. No dia 13 de janeiro, a programação segue com o espetacular paraibano Chico César, e seus conterrâneos Seu Pereira e Coletivo 401, além da maravilhosa sonoridade de Luisa E os Alquimistas.

Para você que ainda não foi, ficadica que é um ótimo rolé para ver gente bonita e curtir um som com um precinho bem camarada, sim, pois graças ao patrocínio da Cabo Telecom através da Lei Câmara Cascudo e Governo do RN, os ingressos estão saindo por apenas R$25 reais o dia.

O espaço do Terreno Pirangi, onde o evento está rolando, fica localizado na Avenida Deputado Márcio Marinho, s/n (Em frente ao condomínio Porto Mirim) em Pirangi do Norte, e conta com umas graminhas show que dá pra sentar, além de uma área lounge com caixotes (perfeito para encontrar os amigos que se perdem no rolé). Tem também bar, banheiros e quiosques com comida.


Atrações

Letrux (RJ)

Letícia Novaes, nome por trás do projeto, mistura em seu álbum ‘Noite de Climão’ música eletrônica dos anos 1980 e funk melody atual. É pop e, ao mesmo tempo, experimental.

Attooxxa (BA)

Coletivo formado por Raoni Knalha (voz), Rafa Dias e Wallace Chibata (guitarra), o ÀTTOOXXÁ vem fazendo história na cena musical brasileira ao ressignificar o pagode baiano a partir de bases eletrônicas. As letras do grupo valorizam a negritude, temas marginalizados e fogem do estereótipo da mulher como objeto.

Orquestra Greiosa (RN)

O Grêmio Etílico Orquestra Greiosa é uma cooperativa de artistas potiguares que se uniram inicialmente para fazer um bloco de carnaval independente, onde eles fariam músicas de carnaval, músicas autorais e um repertório dançante e inusitado, misturando carimbó, tecnobrega, axé, dub, frevo, entre outras experimentações. É formado por Ângela Castro, Anderson Foca, Gabriel Souto, Paulo Souto, Zé Caxangá, Kleber Moreira, Silvio Franco e Simona Talma.

Potyguara Bardo (RN)

Potyguara Bardo é a persona drag queen de José Aquilino, que também é ator e compositor. Seu disco de estreia, Simulacre, foi lançado pelo selo Incubadora DoSol, ritmos como house music, reggae, lambada e vários samples se integram na unidade do disco.

Skarimbó (RN)

Skarimbó é mais que uma banda, é um emaranhado de forças unidas pelo poder da música. “Emaranhado”, primeiro álbum do Skarimbó, contou com produção musical de Gabriel Souto, nele, os ritmos da América Latina, do Nordeste e da África se encontram numa grande celebração entre ancestralidade e as idas e vindas da existência mundana. Skarimbó é formada por Gabriel Maximiano,  Geraldo Gondim, Hugo Diógenes, Magnus Brasil, Rafael Tigre e Victor Paes. 

Se empolgou e quer garantir logo seu ingresso? Acesse a plataforma Sympla e garanta o seu aqui!

Previous ArticleNext Article
Cecília Oliveira
Cecília Oliveira é formada em Jornalismo, atua como produtora cultural e assessora de comunicação, é plus size, a mil por hora, apaixonada por glitter, cachorros e fotografia.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *