Blog potiguar lança série de textos sobre a História da Arte do estado

O Blog Natal das Antigas faz seu aniversário de 2 anos com uma nova série no ar sobre História da Arte. São dezoito textos sobre a arte no Rio Grande do Norte, desde a Pré-História aos modernistas, passando sobre arquitetura, artes plásticas, literatura, teatro e música.

O coordenador do projeto, o Prof. Dr. Lenin Campos, explica que a ideia é trazer o que é mais representativo da arte potiguar para o conhecimento de todos. Eles pretendem popularizar o conhecimento sobre os artistas papa-jerimum. “Falamos de Auta de Souza, Sandoval Wanderley, Dorian Gray, Abraham Palatnik, Vatenor de Oliveira, estes são nomes que precisam ser conhecidos por todos os potiguares”.

O projeto, patrocinado pela Prefeitura do Natal, através da Lei Aldir Blanc, estreou no dia 07 de novembro e vai até o fim do ano com duas postagens semanais produzida por uma equipe de professores e alunos do curso de História. “Uma grande preocupação do projeto é garantir a divulgação das pesquisas mais atuais sobre a História do Rio Grande do Norte”, diz a profa. Gilciely Barbosa.

“É interessante ver a arte mais próxima de onde a gente mora, normalmente temos aquela impressão que arte é só o que está nos museus da Europa, que só existe longe, obras de arte famosas e importantes parecem inalcançáveis, mas se a gente aprende o valor, a gente descobre que existem tesouros bem do nosso lado”, diz Erick Alves, um dos estudantes de História que atuam como estagiários no projeto.

Acesse:

nataldasantigas.com.br

facebook.com/nataldasantigas

instagram.com/nataldasantigas_

Previous ArticleNext Article
Alana Cascudo
Publicitária formada pela UFRN e pós-graduada em MBA Gestão da Comunicação em Mídias Sociais pela ESPM. Cinéfila, notívaga, apaixonada por viagens, gastronomia e assuntos relacionados. Sofrendo constantemente de insatisfação crônica, intolerante à lactose e totalmente desequilibrada.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *