Ajude este projeto a continuar retirando plástico do oceano e transformando em próteses impressas em 3D

O Projeto Million Waves reúne duas situações globais inaceitáveis e oferece uma solução prática e sustentável. Eles pegam o plástico reciclado limpo do oceano e o transformam em material 3D para impressão. Então, por meio de um aplicativo aberto, eles se conectam com indivíduos que precisam de uma prótese e imprimem mão, braço ou um dígito personalizados exatamente de acordo com as especificações do individuo. Para cada prótese é usado em média 30 garrafas plásticas e aproximadamente 24 horas para confeccionar uma prótese em 3D de uma mão.

E para vocês verem como este projeto é realmente completo: a maior parte do plástico utilizado como matéria prima é coletado através de limpezas oceânicas, realizadas voluntariamente. O plástico coletado ou doado é lavado pela equipe do Projeto Million Waves e depois triturado, então processado em uma máquina especializada que produz bobinas de filamentos de impressoras 3D. O filamento é alimentado em uma das impressoras 3D para impressão.

Este projeto tão incrível acontece também aqui em Natal, e no momento está arrecadando fundos para compra de uma impressora 3D, uma trituradora de papel cross-cut e uma extrusora para reciclar o plástico e transformar em filamento aqui no Brasil, assim reduzindo custos de envio para sua sede em Anacortes (WA). Com esse material o projeto será capaz de produzir as próteses aqui na capital potiguar, com um custo mais baixo e enviar para os beneficiários em todo Brasil.

O objetivo é arrecadar R$ 8.400,00 para compra deste material e você pode contribuir para esta nobre causa na vaquinha online aqui! 

 

Previous ArticleNext Article
Alana Cascudo
Publicitária formada pela UFRN e pós-graduada em MBA Gestão da Comunicação em Mídias Sociais pela ESPM. Cinéfila, notívaga, apaixonada por viagens, gastronomia e assuntos relacionados. Sofrendo constantemente de insatisfação crônica, intolerante à lactose e totalmente desequilibrada.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *