O mês das mulheres, na verdade, são todos. Mas março é especial. Na semana em que se celebra o Dia Internacional da Mulher, 8 de março, diversos eventos acontecem em Natal para divulgar a luta, refletir sobre o papel das mulheres na sociedade, bem como para homenageá-las.

Para que você não perca nada, nós do Apartamento 702 fizemos um apanhado com as principais atrações gratuitas e pagas que acontecem do dia 8 até o fim da semana. Aproveita que tem muita coisa boa!

NEM SILENCIOSAS, NEM SILENCIADAS

dia internacional da mulher

Para chamar a atenção para a luta das mulheres, a Frente Feminista de Natal convida mulheres para o Ato Político “Nem silenciosas, nem silenciadas – Mulheres nas ruas por liberdade e autonomia”, que acontece nesta terça (8), a partir das 13h, com concentração em frente a Prefeitura do Natal. Clicando aqui você consegue mais informações sobre o Ato.

BLITZ DAS MULHERES

Durante todo o mês de março, a Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (SEMUL) coordena uma série de ações que discutem direitos, conquistas e violência contra a mulher.  No dia 8, em parceria com a STTU, será promovida uma Blitz em homenagem às mulheres no trânsito, com distribuição de material educativo. A blitz vai ser na Ponte Newton Navarro, a partir das 11h. Outras ações acontecem ao longo do mês.

MULHERES NA TELONA

O-Quarto-de-Jack

No Cinépolis Natal Shopping, três ótimos filmes que trabalham questões e olhares femininos continuam em cartaz no dia 8 e 9 de março. O Quarto de Jack, que ganhou o Oscar de melhor atriz, é uma ótima dica. A Garota Dinamarquesa, que ganhou o Oscar de melhor atriz coadjuvante, é outra. E Carol, longa que mostra o relacionamento entre duas mulheres na Nova York do começo dos anos 1950. A programação completa você vê por aqui.

SAMBA DE MULHER

A festa Clube do Samba Potiguar aproveita o mês de março para homenagear as mulheres no dia 9, a partir das 19h, no Mercado de Petrópolis. As cantoras convidadas são Elizabeth Freitas, Silvana Martins e Renata Paiva. E o repertório apresentará composições das potiguares Valéria Oliveira, Khrystal, Clara Menezes, Anna Fernandez e Alessandra Macedo, além das consagradas sambistas Dona Ivone Lara, Leci Brandão e outras. A entrada é gratuita.

ROCK DAS MINAS

Com o objetivo de homenagear e valorizar trabalhos femininos, a festa Rock de Mulher preparou uma edição super especial para o dia 11 de março. No show principal, uma banda composta só por mulheres integrantes da cena musical da cidade, com Simona Talma à frente.  No repertório, músicas da Céu, Rita Lee, Malu Magalhães, Cássia Eller, Maria Bethânia, entre outras. Além de música, o evento também vai exibir o curta “Ília”, e promover a exposição “Nó”, da artista Mylena Sousa. A entrada com nome na lista é R$10. Todas as informações detalhadas sobre o Rock de Mulher você encontra aqui.

BELAS AQUARELAS

O Grupo Universitário Aquarela e Pastel (GUAP) homenageia as mulheres com a exposição “As várias faces femininas nas artes”, que conta com obras de 19 artistas, dentre os quais, Vicente Vitoriano, Cibele Oliveira e Socorro Evangelista. A exposição acontece no Instituto Câmara Cascudo (na Av. Câmara Cascudo, nº 377, na Cidade Alta) e a abertura é no dia 12 de março, com um simpático café da manhã servido à partir das 9h. A exposição irá até o dia 31 de março. O Instituto abre para visitação de terça a sábado, das 9h às 17h.

 

INSPIRADO EM PINA BAUSH

carol pina baush

No dia 12 de março, a partir das 19h, na A’Boca Espaço de Teatros, a artista Carol Piñeiro vai mostrar sua experiência de performance baseada no espetáculo “Sagração da Primavera”, de Pina Baush. Carol vai se apresentar com as artistas Ana Cláudia Albano Viana e Anádria Rassyne. A entrada é gratuita e a classificação indicativa é 16 anos.

O trabalho integra o projeto “Pina, Marina em Carolina: Estudos em Reperformance” que é a pesquisa de mestrado de Carol. Seu trabalho investiga questões do feminino e possibilidades de criação em trânsito.

#LEIAMULHERES

Aproveitando o momento, também vale mencionar o projeto #LeiaMulheres-Natal, que já falamos dele por aqui. O próximo encontro é só no comecinho de abril, mas os interessados já podem começar a ler o livro da vez, o “Luvas de Pelica”, de Ana Cristina Cesar. Na página do evento no Facebook tem mais informações.