Um dos assuntos mais importantes quando falamos no direito da mulher é quando a discussão é em torno do assédio. Desde pequenas, mulheres sofrem com assediadores de todos os tipos: conhecidos, amigos e até parentes.

Isso ficou muito evidente na internet com a hashtag #PrimeiroAssedio que incentivou mulheres a revelar os casos publicamente na internet.

Um dos ambientes mais propensos a esse tipo de coisa são as baladas. Por muitas vezes rolar paquera, há muito homem que ainda não sabe ouvir um fora, ou que age de forma agressiva e desrespeitosa.

Para prevenir isso, pedimos para a advogada e feminista Aline Juliete de Abreu que escrevesse cinco dicas para homens não serem assediadores na balada.

O resultado ficou ótimo e você confere abaixo.

1 – Para chamar atenção de uma moça você não deve tocar nela

É muito comum que na hora da paquera o homem não saiba exatamente o que fazer para chamar a atenção da mulher e acabe passando a mão no cabelo ou segurando o braço da menina na balada. Isso é extremamente desagradável e surtirá o efeito contrário, pois a garota vai querer distância do assediador.

2 – Quando a mulher disser que não quer dançar com você, não precisa perguntar porquê

O cara chama a mulher pra dançar e quando ela diz não, ele fica no pé, insistindo, perguntando porque ela não quer dançar e ainda solta aquela piada infame quando a moça diz que está cansada: “Tô chamando pra dançar, não é pra carregar cimento”. Pô, cara, não é não! Respeita as mina.

3 – Converse olhando para o rosto dela e não para o decote

Uma das coisas que mais incomoda a mulher na balada ou em qualquer lugar é homem que conversa olhando para o corpo dela. Então, por maior que seja o decote ou os seios da moça, quando for conversar com ela, não fique secando seu corpo. Isso não quer dizer que você está proibido de olhar pro corpo de uma mulher, mas olhe discretamente que não constrange ninguém.

4 – Se você ficar rondando a moça, perseguindo a cada passo que ela dá na festa, isso vai fazer ela ficar com medo de você

Cara se você não tem coragem de abordar uma mulher por medo de levar um fora, não fique perseguindo-a na balada achando que assim ela vai perceber seu interesse e irá se aproximar de você. Pelo contrário, isso a deixará muito constrangida, desconfortável e até com medo a festa inteira, então ela vai ficar tentando fugir do ambiente em que você estiver ou vai passar a te ignorar. Não seja um assediador, se estiver interessado em alguém vá lá, diga um “oi, tudo bem? Tá gostando da festa?”, se a moça quiser ela continua conversando com você, se não, paciência, e parte pra outra.

5 – Depois de bater um papo você pode tentar beijar a moça, mas jamais use a força pra conseguir um beijo

Beijar alguém forçadamente não é beijo, é violência. Então, depois de conversar um pouco, olhando nos olhos da garota você pode se aproximar para beijá-la, caso ela se esquive é porque não quer beijar você naquele momento e você deve respeitar. Para sair da situação constrangedora, você pode dizer que vai ao banheiro… Nunca segure o pescoço da moça para tentar vencê-la pelo cansaço, porque um beijo que começa forçado, consiste em abuso e pode ser tipificado como estupro em alguns casos, pois se trata de uma agressão de cunho sexual.