10 fotografias de Helena Maziviero

A fotografia de Helena Maziviero é crua. Corpos nus, tatuados, enlameados, dentro e fora daquilo que é chamado de padrão estetico. Tudo se encaixa bem na lente dessa jovem fotógrafa de 23 anos e que já impressiona pela sensibilidade que tem.

Algumas fotos transcendem a visão habitual de gêneros e isso as torna mais interessantes. Estudante de jornalismo, Maziviero trabalha atualmente com dois projetos: “Histeria” e “Essa Nudez Que Te Veste”. O primeiro, segundo ela, é uma tentativa de retratar, através da fotografia, o que se passa pela mente de mulheres com desordens mentais clinicamente diagnosticadas.

Já o “Essa Nudez Que te Veste” está sendo desenvolvido junto com Leka Beszi.  A ideia nesse caso é a de explorar a relação das pessoas com seu próprio corpo. Saber como elas se veem, como se sentem, como “descobrem” e exploram o corpo delas.

Como se interessou pela fotografia?

Me interesso desde que tinha uns 9 anos. Eu gostava de ver uma cena e tentar enquadrá-la em uma imagem estática. Mas não tinha câmera nem nada, então fazia só com o olhar mesmo.

Está atuando profissionalmente?

Se profissionalmente significar “ganhar dinheiro”, quase nada. Mas digo sem falsa modéstia que, pelo menos no momento, ganhar dinheiro com fotografia não é uma das minhas prioridades.

Suas referências?

Essa é sempre a parte mais difícil. É muita gente, muitos nomes! Eu vejo e leio bastante coisa e tento aprender um pouco de tudo. Desde pessoas com trabalhos mais comerciais até aquelas que fazem algo mais voltado para o autoral. Gosto de saber um pouco de tudo. Mas se for pra ser prática e citar nomes prefiro falar do pessoal mais novo, que me influencia mais diretamente. Pessoas como Luiza Prado, Juliano Coelho, Susi Godoy, Marina Stenko, Isadora Ribeiro, Jefferson Ramos, Januária Vargas

Acho lindo o trabalho de todos. E sei que vou me arrepender imensamente por não ter citado mais gente que faz trabalhos incríveis, mas esses foram os primeiros que me vieram à mente! Também gosto muito de olhar como os pintores renascentistas constroem a relação luz/sombra. Acho lindo! Caravaggio é mestre nisso! Sempre dá pra aprender fotografia com as pinturas dele. Enfim… Eu disse que essa pergunta era complicada.

Algum projeto em mente, ou exposição?

Muitos! Quero dar continuidade aos projetos “Histeria” e “Essa Nudez Que Te Veste”. São projetos que estou conduzindo com muita calma e sem pressa nenhuma, mas assim que tiver uma boa quantidade de material, quero reunir tudo e montar uma exposição. Nada definido ainda. E aproveitar pra falar em primeira mão que pretendo montar um coletivo de fotografia artística e conceitual em Natal. Quero promover workshops com fotógrafos de outros cantos do país, palestras, exposições, cursos… Muita coisa. Eu e um pessoal estamos estruturando a ideia ainda, então não dá pra falar muito, mas acho que boas coisas vêm por aí.

Previous ArticleNext Article
Jornalista formado pela UFRN. Fez o Curso Estado de Jornalismo Econômico do Estadão/FGV e o Rumos Jornalismo Cultural do Banco Itaú. News addicted. Apaixonado também por internet, cultura, política, mídias sociais, publicidade e pelo Palmeiras. Odeia azeitona.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *