A gastronomia potiguar terá uma verdadeira sacudida no primeiro semestre de 2017. Os realizadores do Festival Cultural e Gastronômico da Pipa irão promover uma ação inédita no Rio Grande do Norte, para tratar de gastronomia como negócio, mostrando como empreender neste setor que mais alavanca o turismo cultural em todo o mundo. O evento receberá chefs, empreendedores, escritores, jornalistas, administradores e professores de várias regiões do Brasil e também do exterior e terá patrocínio da São Braz, Prefeitura de Tibau do Sul e LATAM Travel. As inscrições estão abertas no site www.festivaldapipa.com.br.

O I Simpósio Gastronômico da Pipa será realizado dias 26 e 27 de maio, na praia da Pipa, litoral Sul do RN, no Centro de Convenções do Hotel Pipa Atlântico. O encontro contará com nomes de peso da gastronomia brasileira, que abordarão suas experiências próprias e potencial que as diversas regiões oferecem, revelando possibilidades que a gastronomia pode proporcionar, para estudantes ou demais interessados em colocar em prática um novo projeto de economia criativa.

Para os diretores do festival, Cláudio Freitas e André Rockett, o Simpósio será uma rica troca de experiências que certamente vai inspirar as pessoas a montar seus negócios com mais criatividade.

“Apesar de ser uma área com muito potencial, principalmente pelo teor turístico, a culinária como negócio ainda é muito pouco discutida na região. Esse evento tem como objetivo mostrar essa gastronomia para além da arte de cozinhar em si, mas também como um investimento e uma oportunidade de negócios e empreendedorismo.”, comentou Claudio Freitas.

O curador do festival, Paulo Machado, fará a palestra de abertura sobre um projeto que alia turismo e gastronomia chamado “Food Safari”, uma expedição capitaneada por ele com objetivo de revelar a rica culinária do Pantanal. Trata-se de uma experiência de turismo ecológico, onde sabores e saberes da região são apresentados de uma forma diferente, possibilitando  a união de várias atividades numa imersão cultural que pode ser adequada a outros cenários.

Estarão no encontro outras referências do nível da pesquisadora e chef Ana Rita Dantas Suassuna (Taperoá-PB), prima-irmã de Ariano Suassuna e sumidade na pesquisa e resgate da comida sertaneja nordestina, também autora do livro “Gastronomia Sertaneja: Receitas que contam Histórias”, finalista do Prêmio Jabuti. Também está programada a palestra do empresário paraense Nazareno Alves, dono do Point do Açaí, restaurante construído em um prédio histórico do Ver o Peso, que serve o açaí com peixe frito e farinha d’água, à moda da terra.

E ainda a pernambucana do ramo dos queijos, Vitória Barros, que comanda a produção de queijos especiais de Campos da Serra (PE) e produz mais de 20 tipos de queijos, alguns de inspiração (técnica) francesa. Entre os jornalistas, o Simpósio receberá a especialista em café, Cristiana Couto, de São Paulo; e a crítica de gastronomia e vinhos uruguaia, Marcela Baruch. Elas mostram novidades do cenário nacional e internacional e o que andam fazendo os chefs, enólogos e baristas da nova geração.

Também participa Felipe Caran, empreendedor do restaurante Casa do João, em Bonito-MS, um espaço que exala gastronomia regional, mas também arte e artesanato decorativo sul-matogrossense. Da área acadêmica, o Simpósio contará com Sênia Bastos, professora do Mestrado em Hospitalidade da Universidade Anhembi Morumbi, São Paulo – SP; e o chef Maurício Lopes, professor da Universidade Anhembi Morumbi. O Simpósio ainda terá Carlos Frederico Domingues, gerente de marketing da São Braz, que falará sobre o case da empresa.

Na categoria gastronomia e mídias sociais, os debates contarão com profissionais que escrevem em veículos, como  Tamyris Roxo (Boccanervosa), Larissa Januário (Sem Medida), Eduardo Farias (gastronomia em Natal), Carol Galvão (Sem Cebola) e Alana Cascudo (Apartamento 702).

 

 

COMO SERÁ O SIMPÓSIO

 

1º Dia

O credenciamento dos participantes será realizado das 12 às 14h. Às 14h haverá a abertura, por Cláudio Freitas, idealizador e organizador do Festival da Pipa; nosso curador Paulo Machado, do Instituto Paulo Machado; e Michelle Rincon, nossa mestre de cerimônias.

14h30 – Palestra com Paulo Machado – turismo – “Food Safari”.

15h30 – palestra de Sênia Bastos, professora do Mestrado em Hospitalidade da Universidade Anhembi Morumbi, São Paulo – SP.

17h – Coffee Break

17h30 – Palestra do empreendedor Nazareno Alves, o Rei do Açaí, Belém – PA.

18h30 – Palestra com Delano Lopes, da Soluções em Tecnologia (CTSI): Tecnologia em Serviços de A & B (Alimentos e Bebidas)

19h30 –  Coffee Break

20h – Marketing com Frederico Dominguez da São Braz

Palestra 21h – Mesa de debate: Gastronomia e mídias digitais com Larissa Januário, Tamy Roxo, Eduardo Farias, Carol Galvão e  Alana Cascudo.

 

 

2ª dia

10h – Palestra com Felipe Caran, empreendedor da Casa do João, Bonito-MS.

11h – Palestra com a jornalista especialista em café, Cristiana Couto, São Paulo – SP

12h – Almoço

14h30 – Marcela Barros, Técnica em Queijos Especiais da Campo da Serra – PE

15h30 – Palestra com Marcela Baruch, jornalista especialista em vinhos, Montevidéu – Uruguai.

16h30 – Coffee Break

17h – Palestra com Chef Maurício Lopes, professor da Universidade Anhembi Morumbi, São Paulo – SP.

18h – Palestra com Ana Rita Dantas Suassuna, professora e escritora (3º lugar prêmio Jabuti 2011), Brasilia, DF.

19h – Mesa: Negócios em Gastronomia: Com Paulo Machado, Felipe Caran, Nazareno Alves, Frederico Dominguez e Jorge Oliveira.

 

As Inscrições podem ser feitas no site festivaldapipa.com.br

Esperamos por você. Chamem os amigos e garantam aquele desconto. Vamos juntos aprender cada vez mais sobre o universo da gastronomia e do empreendedorismo.

Para grupos de amigos empreendedores a partir de 10 pessoas o desconto de 30% é garantido.