Quem sobe ao palco do Som da Mata deste domingo (9), às 16h30, será com o grupo paraibano Burro Morto com seu groove instrumental psicodélico, temperando com sintetizadores e samplers as suas batidas pesadas, recheadas de graves suculentos, percussões ancestrais e guitarras entrelaçadas.

Iniciando sua carreira em 2007, a banda lançou os EPs Pousada bar, TV & Vídeo e Varadouro (que foi lançado em vinil pelo selo francês Oriki Music) e o álbum Baptista virou Máquina.

Ancorada na simbiose sonora entre Daniel Jesi (contrabaixo/MPC/electribe), Leo Marinho (guitarra/trompete/MS2000), Ruy José(bateria) e Pablo Ramires (percussões/SP11/SPDS), em novembro de 2014 o Burro Morto fez o lançamento de seu novíssimo single Lúcifer Colômbia, que é o primeiro vislumbre do material inédito que a banda vem modelando desde o ano anterior.

O Som da Mata acontece graças à renúncia fiscal da Prefeitura através da Lei Djalma Maranhão e do aporte financeiro da Unimed Natal, CEI Romualdo Galvão, InterCity Hotel, Potiguar Honda, Top Car e Clínica Trauma Center, além do apoio doGoverno do Estado através do Idema que cede o espaço onde acontece o evento.